tai-chi

Utilizado como Oráculo desde a mais remota antiguidade, o I Ching, considerado o mais antigo livro chinês, é também o mais moderno, pela notável influência que vem exercendo, de uns anos para cá, na ciência, na psicologia e na literatura do Ocidente, devido não só ao fato da sua filosofia coincidir, de maneira assombrosa, com as conceções mais atuais do mundo, como também pela sua função como instrumento na exploração do inconsciente individual e coletivo.

iching2

C. G. Jung, o grande psicólogo e psiquiatra suíço, resume de forma magistral a sua importância: “O I Ching não se apresenta com provas e resultados; não se vangloria de si nem é da fácil abordagem. Como uma parte da natureza, espera até que o descubramos. Não oferece fatos nem poder, mas, para os amantes do auto conhecimento e da sabedoria, se é que existem, parece ser o livro indicado. Para alguns, o seu espírito parecerá tão claro como o dia; para outros, sombrio como o crepúsculo; para outros ainda, obscuro como a noite. Aqueles a quem ele não agradar não tem que usá-lo, e quem se opuser a ele não é obrigado a considerá-lo verdadeiro. Deixem-no ir pelo mundo para benefício dos que forem capazes de discernir o seu significado”. (extraído do prefácio de C.G. Jung, ao livro de Richard Wilhelm “I Ching O Livro das Mutações”)

Segundo a tradição do Taoismo, o homem reúne em si as energias do Céu e da Terra. O seu corpo é composto pelos mesmos elementos da Terra, é por ela nutrido e, através da respiração, absorve a energia do Céu.

iching1Do ponto de vista holístico (o qual concebe o homem e o universo como um todo), o homem rege-se pelos mesmos ciclos que regem a natureza e sofre, simultaneamente, a influência desses mesmos ciclos. O que quer dizer que o homem deve viver de acordo com os ciclos da natureza e em harmonia com as energias do Céu e da Terra.

No entanto, o nosso comportamento atual é de total negligência e desinteresse para com estes ciclos e energias e, por isso, sofremos penalizações. Todos nós sabemos, por exemplo, que é comum no fim da primavera, aumentarem os casos de problemas hepáticos, enxaquecas, terçolhos, vista irritada. No fim do verão, os casos ligados a problemas no coração, no fim do outono, as asmas, bronquites, diarreias e, no inverno, os problemas reumáticos.

orbitamicroscMuito além de ser apenas um Oráculo, o I Ching, juntamente com os 2 livros canónicos do Taoismo, o Nei Ching e o Tao Te Ching, forma um guia de sabedoria e de alquimia, que nos ensina a compreender e respeitar o ciclo natural da própria vida! Mostra-nos os princípios de conduta baseados em ensinamentos dos grande mestres tradicionais e faz-nos compreender com mais clareza a beleza da constante mutação da Vida. Mostra-nos como “sentir em que direção o vento sopra”, ajuda a abandonar as nossas certezas e permitir que o novo chegue!

Falar a respeito do I Ching é falar da Sabedoria que rege esta constante dança de ciclos dos “dez mil seres” que estabelece a Vida!

Os mestres das grandes tradições mostram-nos que a magia da vida está na simples contemplação do seu curso natural, observar e respeitar os nossos ciclos e os do Universo.

Voltar